pesquisar neste blog

Loading...

Friday, June 25, 2010

ESTAREMOS DE VOLTA EM BREVE. É SÓ AGUARDAR



DESABAFO

Este blog teve seu espaço reservado na internet há algum tempo. Veio para substituir um site por nós produzido e hospedado na página do necad da Universidade Estadual do Ceará.
O mencionado site foi criminosamente copiado e colado por alguém da PUC do Rio Grande do Sul. Protestamos. Prometeram retirar o texto do ar. Não queríamos tanto. Apenas que citassem a fonte e criassem um link para o provedor da Universidade Estadual do Ceará. Apesar do compromisso assumido conosco por um professor de matemática da Instituição -PUC do Rio Grande do Sul, o site permanece até hoje com o texto de nossa autoria. Trata-se de uma cínica apropriação indébita. Não é plágio. É roubo mesmo. Desonestidade intelectual. O texto é fruto de uma pesquisa. Poucos professores de matemática deste país pesquisaram tanto sobre Malba Tahan. Na pesquisa ficamos dias inteiros na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro e hemeroteca onde trabalhamos com microfilmes de jornais da década de 1920(Av. Rio Branco - Cinelãndia - Rio de Janeiro). Estivemos no Museu da Imagem e do Som (Lapa-Rio de Janeiro) onde escutamos o depoimento de Malba Tahan àquela instituição um ano antes de sua morte.
Visitamos sebos e bibliotecas nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, João Pessoa, Aracaju, Recife, Vitória e Brasília onde adquirimos dezenas de livros do mestre. Adquirimos mais ainda através da internet no Brasil e no exterior. Possuimos no nosso acervo as versões italiana, espanhola, catalã, francesa, alemã, portuguesa de Portugal, uruguaia e norte-americana.

Estivemos duas vezes em Queluz (SP) onde durante dois dias vasculhamos parte do acervo de Malba Tahan na biblioteca da cidade.
Temos em nosso acervo mais de oitenta títulos dos 117 publicados pelo mestre além das revistas Al-Karismi e Damião.
Fizemos 3 viagens a São Paulo para adquirir o livro Meninos de Queluz de seu irmão João Batista de Mello e Souza com o objetivo de melhor conhecer fatos da infância de Malba Tahan. Recentemente adquirimos o primeiro livro publicado pelo mestre: Contos de Malba Tahan edição de dezembro de 1929.
Isto tudo relatado para provar que não somos nenhum impostor. Na imprensa de Fortaleza estão publicados artigos de nossa autoria que atestam a época de lançamento do nosso site, anterior à impostura acobertada por uma instuição respeitável como a Pontifícia Universidade do Rio Grande do Sul. Admitimos que seus alunos e seu Reitor desconheçam a ação desonesta de algum de seus professores. Toda instuituição tem seus pulhas diria Nelson Ridrigues.
Não queremos qualquer tipo de reparação. Queremos apenas que uma injustiça seja reparada o site seja retitrado do ar.
Confira no endereço do link o cinismo do editor do Malba Tahan, ou melhor,Júlio César de Mello e Souza, hospedado no provedor da PUC do Rio Grande do Sul.
Querem saber como descobrimos a desonestidade? Usando palavras chave que só meu site original possuia. Infelizmente para os falsários havíamos tomado essa precaução.
Deles esperamos um gesto de grandeza reconhecendo o erro e retirando o site do ar.
FORA COM A DESONESTIDADE. O TEXTO PUBLICADO NO SITE DA PUC DO RIO GRANDE DO SUL É DE NOSSA AUTORIA.

Friday, August 04, 2006

Júlio César de Melo e Souza nasceu no Rio de Janeiro em Parte de sua infãncia ele viveu em Queluz, uma cidade situada entre a Serra da Mantiqueira e o Rio Paraíba, às margens da via Dutra.


MALBA TAHAN

Prezados amigos:

Estamos no ar. Este blog é dedicado ao grande professor Júlio César de Mello e Souza, Malba Tahan, o mais extraordinário matemático brasileiro de todos os tempos.